16 de Agosto de 2013

Acabei de ver a entrevista que a Judite de Sousa fez ao jovem Lorenzo Carvalho, aquele da Pamela e da banheira com champanhe e não sei quê

e fiquei indisposta com a responsabilidade que esta jornalista quis colocar nos ombros do puto ao perguntar-lhe porque ele não ajudava os mais necessitados, uma vez que é uma obrigação moral de cada um de nós, que olhava para ele e via uma pessoa fútil, se ele não se sentia mal por ter gasto tanto dinheiro numa festa com o país no estado que está e etc e falou inclusive, especialista que é, no valor do relógio que ele trazia.

Nem jantei.

Tive e tenho pena do fulano ser tão conas e não lhe ter dito que a obrigação moral dele era fazer o que quisesse desde que não prejudique ninguém, que pelo país estar como está, não é motivo para usar um relógio do chinês, que só tem que ajudar, quem, como, quando e se ele e a família dele quiser. Que se quiser lavar o Ferrari com champanhe, lava e se quiser comer a Pamela em Portugal, também o pode fazer, desde que mantenha e cultive os tais valores que a família lhe passou. Que uma pessoa por não penar para pagar a renda, comer ou criar os filhos, não tem que ser apontada, julgada, muito menos apedrejada em praça pública, uma vez que até resulta claro que o míudo prestou-se àquele circo justamente para apagar a imagem que gente como a sôtora Judite, criaram dele. A criatura ainda referiu algumas instituições que ajudava de alguma forma, porque ajudar, Dra Judite, não é só abrir os cordões à bolsa, mas percebeu-se o desconforto, uma vez que quem o faz por gosto, com o coração, como diz Lorenzo, não espalha, não se congratula nem vangloriza, mas a Dra Judite, que é Dra porque estudou, coisa que jovem Lorenzo também não fez (outra vez para a fogueira, pá, como te atreves??) não vai cá em cantigas e atacou-o de forma a que a única resposta que merecia, que me merecia, era o puxar de um livro de cheques e dizer:
"Pá, ó Judite, afinal não é da merda da maquilhagem que trazes hoje que te deixa com cara de cu, estás é verde da inveja que trazes ao peito desde que viste as imagens da minha festa. Diz lá aí quanto é que queres que o Lorenzo aqui ajuda-te porque é meu dever moral, para com quem te está a ver nesses propósitos, acabar com este espectáculo de merda a que chamas entrevista.
Vá diz lá, pá. Não tenhas vergonha."

Mas tem Judite, tem muita vergonha de ti.

Eu tenho.

75 comentários:

  1. Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Foi uma entrevista muito má! mesmo !
      racismo em relação ao dinheiro!!!

      Eliminar
    3. Cada um é livre de dizer o que quiser, se alguém ficou ofendido deveria se defender..se o relógio foi caro ou não o dinheiro era dele, e se o Pais está no estado em que está não é problema dele...Judite, quanto ganha por mês?
      Certamente é uma vergonha para o pais estar como está, neste caso é para dizer " porque você não ajuda os mais necessitados, uma vez que é uma obrigação moral de cada um de nós"...

      Eliminar
    4. Cada um é livre de dizer o que quiser, se alguém ficou ofendido deveria se defender..se o relógio foi caro ou não o dinheiro era dele, e se o Pais está no estado em que está não é problema dele...Judite, quanto ganha por mês?
      Certamente é uma vergonha para o pais estar como está, neste caso é para dizer " porque você não ajuda os mais necessitados, uma vez que é uma obrigação moral de cada um de nós"...

      Eliminar
  2. Aleluia que leio algo decente sobre a entrevista!

    ResponderEliminar
  3. Eu até fiquei mal disposta! Ele respondeu muito bem. Eu não lhe toleraria uma segunda pergunta, quer dizer, julgamento!

    ResponderEliminar
  4. alguem sabe do video? gostava de ver e nao vi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o vídeo esta na pag..da TVI.E ESTA ESPALHADO PELO FACK....PARA QUEM NAO VIU ESTE VERGONHOSO JULGAMENTO.

      Eliminar
    2. Aí está o link para ver o vídeo:

      http://youtu.be/cv6WdNMaZv4

      Eliminar
  5. Parabéns pelo texto, aquilo que se passou esta noite na Tvi foi uma vergonha...para a estação, para a jornalista e para tantos, que como eu,tinham em grande conta a jornalista J. de Sousa.
    Fiquei triste porque aquilo foi de facto um julgamento sumário e em directo, que roçou a xenofobia.Que faça as mesmas perguntas aos cada vez mais endinheirados que gravitam por terras lusas (CR7, Mourinhos, banqueiros e outros que tais), sobre a origem dos seus dinheiros, onde e com quem os gastam.
    O único aspecto positivo foi a lição de educação, respeito e elevação que o entrevistado deu.
    Um vídeo ideal para definir o que é verdadeiramente mau (péssimo) jornalismo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que é que o CR7 e o Mourinho têm a ver com isto?!?! São milionários exactamente iguais ao Lorenzo, aliás estes não herdaram coisa nenhuma de ninguém, conquistaram tudo o que têm de raiz. Não devem satisfações a ninguém de onde e com quem escolhem gastar o dinheiro que ganharam com o seu trabalho. Se os salários milionários são justos ou não, isso já não é culpa deles nem foram eles que andaram a extorquir quem quer que seja para os ter. Que comentário incoerente.

      Eliminar
  6. Onde posso ver a entrevista ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aí está o link para ver o vídeo:

      http://youtu.be/cv6WdNMaZv4

      Eliminar
    2. Aí está o link para ver o vídeo:

      http://youtu.be/cv6WdNMaZv4

      Eliminar
    3. Aí está o link para ver o vídeo:

      http://youtu.be/cv6WdNMaZv4

      Eliminar
  7. eheheheheheh. ainda (com esta idade) a levar a sério a latrina de egos que é a "nossa" tv?
    quanto começares a ver as entrevistas que nos oferecem como um momento cómico vais sentir-te muito melhor.

    coitada, a judite, que deve doar 90% do obsceno pecúlio que mama pela merda que apresenta, tem padrões morais muito elevados (e jornalísticos também, dignos de tv brasileira ou angolana).

    e vergonha vergonha é o que a anacom tem feito para manter apenas 4 canais televisivos para interesse da merda dos operadores da televisão que temos (que quando tal são também todos angolanos ou chineses, públicos).

    portanto está tudo bem nesta dolorosa valsa lenta.

    ps. : podiam emitir pelo menos uma mira técnica no "quinto canal". elevava um pouco o nível de qualidade e era agradavelmente colorido.
    ou pornos caseiros. é pedir muito?

    ResponderEliminar
  8. epá, epá! foi o gajo que comeu a pamela? então foda-se, é dar-lhe o mesmo tratamento do zico. a pamela é só pra mim desde o tempo das marés vivas. ora foda-se.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enquanto não me disseres o nome do teu blog (pode ser por via email) não me rio das tuas graças. Pronto!

      Eliminar
    2. penso que chamam a isto um duelo à mexicana, eheheheheheh. já não tenho idade para isso....
      :D

      Eliminar
  9. http://www.tvi.iol.pt/programa/jornal-das-8/4295/videos/156659/video/13937588/1

    ResponderEliminar
  10. eheheheheh

    o meu "antigo" blog, do meu "outro" eu, uma sombra imemorial.

    queres fazer-me reviver experiências traumáticas Doce Filipa?!!!

    além de ser um blog falecido (pior, várias vezes falecido e reencarnado, 4 para ser mais exacto), e ter dezenas de esboços de posts por publicar, sincrético, chato, indeciso, ficarias horrorizada. era coisa gongórica, indistinta, deprimente, o absoluto oposto do teu. porque pensas que montei tenda por aqui?

    além disso não é meu. foi, era, foi-se. e a reponsabilidade de tpda esta confusão é Tua. pois é, desde que falaste na sincronização com o facebook. é esta a recompensa...

    logo um gajo prestável como eu... poças até perdi a vontade...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tás a ver?, se tivesses dito logo não estavas nessa angustia.

      Eliminar
  11. Reflecte bem a mentalidade do português, não podem ver ninguém com dinheiro, arre, país de gente invejosa.

    ResponderEliminar
  12. Pelo que tenho visto - tenho tido uma "sorte" dos diabos com os episódios (sim, episódios, de uma trágico-comédia que são as entrevistas que a Judite de sousa faz) a que assisti - os "mimos" estão reservados às "Saras Nortes" da vida, da mesma maneira que a baba está guardada para o Tony Carreira e para o Reynaldo Gianechinni. Digam lá se não é um luxo assistir a coisas destas? Quem me manda jantar, volta não volta, em tascos manhosos onde não mando no comando da televisão?

    ResponderEliminar
  13. Preciso de corrigir uma imprecisão grave no meu comentário. A Judite de sousa não entrevistou a Sara Norte ( não há cá misturas).

    ResponderEliminar
  14. http://dioguinho.pt/judite-sousa-critica-lorenzo-carvalho-e-estala-o-verniz-nas-redes-sociais/

    Também podem ver aqui mais uma vez a vergonha que esta jornalista de 5ª nos fez passar. Eu se fosse o Lorenzo, comprava a TVI só para a mandar para a rua! :)

    ResponderEliminar
  15. Vi agora, Filipa, fiquei siderada. O tom, a interrupção constante, não o deixar falar só pq ele nao se sente minimamente culpado por ter dinheiro e o usar como bem lhe apetece, o julgamento, a mesquenhez, a falta de noção ao lhe perguntar como é que os familiares dele morreram, juro por deus..., etc. tudo um nojo. Mas não concordo com o adjetivo que atribuíste ao miúdo, acho que lhe respondeu com uma classe incrível e ainda lhe disse no fim: espero que nos vejamos a presto (que deve ser italiano e deve querer dizer em breve.) Adorei. e ainda deve ser gajo pra convidar pra próxima festa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isa, o "conas" advém do facto das respostas dele terem sabido a pouco perante o tamanho da estupidez da entrevistadora.
      Esteve muito bem, a determinada altura nervoso mas depois encarrilhou e o resultado foi este.

      Eliminar
    2. sim, houve um momento em que ficou meio tenso, mas safou-se com uma pinta do caneco ;)

      Eliminar
  16. A Judite de Sousa está enfernizada, frustrada, doente... Já foi boa jornalista mas há muito tempo que não o é. "Você é um verdadeiro consumista..." diz ela ao entrevistado. E ela não é consumista??? Só veste roupas de marca compradas no estrangeiro e aneis horríveis e enormes (além de usar uma maquilhagem de meter medo ao susto). Ele respondeu bem ao dizer que o que faz e quando o faz é com o coração e sinceridade e não apenas para português ver... Eu, se estivesse no lugar dele, que agora já viu como é este país mesquinho e atrasado, saía daqui e nunca mais cá punha os pés.
    Aliás, o Lorenzo Carvalho nem tinha que ser entrevistado por ter dado uma festa paga com o seu dinheiro! Ela, ao contrário, ganhou milhares na rtp, canal público, à custa dos contribuintes! Vergonhoso!
    Elisabete

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há que abrir olhos, e ver as coisas para além do trivial.
      Actualmente, na tv, e aqui não há excepções, passa-se em qualquer canal, nos noticiários são notícias banais e manipulação. Esta entrevista, para mim é mais uma fabricação dessa senhora na tentativa de passar a ideia que a TVI está contra os privilegiados deste mundo, quando é exactamente o contrário. Veja-se a diferença de glamour entre a festa da TVI deste ano e do ano passado. este ano as vedetas do canal parece que iam a uma festa da aldeia, os vestidos pareciam que tinham sido comprados na feira. Estão a tentar esconder o facto de serem uns privilegiados deste mundo, não por serem competente e profissionais mas sim porque são lacaios do poder instalado neste país e no mundo. Estas pessoas usam a fachada/mascara para fazer passar ideias contrárias aquilo que são ou que protagonizam, enfiam sinais dos novos tempos, tempos em que os psicopatas tomaram conta do mundo.

      Eliminar
  17. As pessoas que falam aqui aviam de ser exemplo, a Judite de sousa apenas deu a entender, que enquanto ele se banha de champanhe Francês que custa milhares de euro, muitos miúdos da idade dele não tem que comer OH otários. está qui muita gente com peninha do rapaz meu deus o mundo está perdido

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As pessoas que falam aqui, aviam muita coisa, letra a gente parva, por exemplo, mas nunca festinhas na cabeça a quem nos faz passar vergonhas como a que está exposta.

      Ela não "deu a entender" nem sequer é função dela fazê-lo. Ela acusou em forma de perguntas que simplesmente não deixava que fossem respondidas.

      E ele tem culpa de existir quem não tenha o que comer?
      Tem que passar fome para se mostrar solidário?
      Tem que dar património familiar para mostrar que é boa pessoa, uma vez que está enraizado que quem tem dinheiro, não o é?
      Aqui fala-se de pena (?) ou de mau Jornalismo? De alguém que dá a cara a uma estação de televisão e tem atitudes destas, tão reprováveis e despropositadas, em vez de ajudar (tal como acusou o rapaz de não o fazer com o seu semelhante) a limpar uma imagem que alguém como ela fabricou do miúdo?
      Reparaste que ele desmentiu muito do que apareceu no "perfil" que lhe traçaram no inicio da "entrevista".

      Faz-me um favor.
      Tolero gente burra, analfabeta, com manias, que chegam naquela das ofensas, gente que não consegue somar um mais um, mas não pessoas tacanhas, com atitudes acusatórias sobretudo as sem fundamento, gente qu não quer nem tentar ouvir ou ler o que se escreve e acima de tudo, as que nada têm** e ficam incomodadas quando aparece alguém que tem de sobra.
      Se puderes não voltar, agradecia. Se voltares, da minha parte terás a cópia deste comentário como resposta.

      Eliminar
    2. Boa Filipa eu acho que o dinheiro é dele e ele faz o que quiser com ele. ja dá bastantes postes de trabalho a bastante gente o que já é bom. nasceu rico nao é culpa dele o unico pecado que está a cometer é mostrar como gasta esse dinheiro ao contrario dos politicos do nosso país que nos roubou mas gastam ás escondidas. Eu nem posso ajudar o meu filho a ir para a universidade e tenho bastantes dificuldades mas se fosse rica podem ter a certeza que ia gastar o dinheiro para outro país e nao neste país de merda que só nos roubou, ao contrario do Lourenzo e tambem nao ia usar relógios baratos.lol

      Eliminar
    3. Boa tarde...eu não vou fazer julgamentos de valor do rapaz porque não o conheço...sinceramente leva uma vidinha boa graças ao dinheiro da sua familia, tem sorte, é invejado, aproveita da forma que quer e faz ele bem...que a TVI se espalhou ao colocar em horario nobre uma entrevista destas, espalhou e de que maneira, por várias razões, primeiro porque não acho que seja assunto para um Telejornal um documentário sobre "1001 maneiras de gastar o seu dinheiro XXL", interessa-me mais saber como anda a ser gasto o meu dinheiro XXS", depois, apesar de o rapaz fazer o que quiser do seu dinheiro, pode criar esteriotipos errados nos jovens por esse pais que não podem levar um milésimo da vida que o rapaz leva nem deixar a escola aos 16 anos (infelizmente há quem deixe e não por opção :( ), para terminar a TVI espalhou-se porque o rapaz caiu no goto dos portugueses e isso dá pontos,mas enfim foi uma noite infeliz para a TVI pela escolha do assunto, da Judite que tinha de o entrevistar e sinceramente acho que tinha ordens superiores para tocar com o "dedo na ferida", crise vs despesismo...e foi uma noite perdida para o rapaz que tinha certamente uma noite bem mais animada fora dali a beber um bom champagne daqueles que a Judite só pode comprar uma garrafita por mes...Concluindo, caros pobretanas como eu, o rapaz já veio dizer que se está pouco marimbando para a entrevista de ontem, ele vai continuar a dar-nos muitos euros Via IVA a 23% (Venham mais uns quantos amigos da nota gastar como ele por terras lusitanas e a crise vai-se num instante), e deixar em paz a Judite, que até não está a passar um momento fácil, e vamos seguir nossa vidinha e sem nunca mais dizer mal do despesista do CR7, porque afinal ele faz o que quiser com o dinheiro dele...Caros amigos todos nós somos invejosos, todos nós se roemos ao ver a festa do rapaz, vamos nos deixar de moralismos e preocupar-nos com a crise que nos lixa a vida e não nos permite sequer comprar um champagne de categoria duvidosa, e preocupar-nos com tantos homens que estão neste momento a combater os fogos...esses mereciam mais que ninguem uma festa daquelas...

      Eliminar
    4. Não estou a ver de que estereótipos falas tu, que iam ser tão impactantes na vida de uma criatura de 16 anos, mas está bem.
      Alias, ainda no outro dia vi uma entrevista sobre um grupo de miúdas, cuja idade andaria perto da do Lorenzo, e a entrevista era sobre a noite e os excessos e agora dou por mim a pensar sobre quem é que lhes terá servido de exemplo.
      É que nem tudo é sobre o exemplo.
      Mas isto é agora, que na altura que vi a tal entrevista, apeteceu-me arrancar os cabelos a uma que tinha a mania que era muito adulta. Depois de lhe encher a cara de chapadas, claro.

      Aqui não há moralismos, deste conta? Aqui fala-se contra quem o pratica, neste caso aquela espécie de jornalista.

      Inveja? Da vida do puto? Até que não. Sou uma fulana realizada e o dinheiro que tenho serve-me na medida exacta e isso, para mim, é ser rica.

      Eliminar
  18. Parabens amiga, sou totalmente de acordo das suas palavras ainda assim que elas foram suaves para aquela fulana que pensa ter rei na barriga, um abraço.

    ResponderEliminar
  19. Pessoal toca a mandar emails á tvi: relacoes.publicas@tvi.pt . ;)

    ResponderEliminar
  20. Olá, Deixo aqui o meu comentário ao texto da Mamã de Peep-Toe que acho que se aplica aqui também. E já o mandei para o facebook da Tvi também.

    'Lá estava eu ontem à noite a jantar contrafeita a ver o telejornal porque o homem adora ver o telejornal da TVi. Nada apontar, lá aguento as más noticias. De repente uma notícia de um jovem milionário luso brasileiro que nunca ouvi falar. Vai daí, não é que para além da notícia ser ridícula para o jornal da noite, sobre Pamelas e garrafas de 500€, acumulam ainda o exagero de uma entrevista em directo em que o pobre coitado do chavalo tem que explicar porque tem dinheiro e porque é que é fútil e não distribui a sua riqueza pelos coitados dos portugueses...
    Como portuguesa senti me envergonhada e insultada pela Juditezinha e por quem mais teve a ideia ou deixou a ideia ir para a frente. Claro que de certeza centenas de portugueses ou mesmo milhares adoraram o facto de ela lhe ter cantado das boas... eu achei vergonhoso.
    Apeteceu me entrar pela televisão e dar um par de bofetadas na mulherzinha que já devia ter idade para saber mais e melhor. Volta Manuela Moura Guedes, estás perdoada.
    Que façam entrevistas a políticos e gestores sobre o que fazem ao 'nosso' dinheiro, ora tudo bem, apertem com eles, que eu até quero saber aonde foi para o guito, agora aonde um tipo, por acaso cheio de dinheiro gasta o dito, não tenho o menor interesse.
    E sim, o puto não soube responder a letra a cota, e tive pena por isso, ou foi demasiado educado ou é mesmo limitado e não teve cabedal para calar a dita jornalista.
    Acho ridículo, toda tia, como essa Judite se dá ao luxo de criticar quem quer que seja que faça o que quer que seja, sem olhar por ela abaixo.
    Primeiro, Portugal passa uma crise financeira, mas exite muita muita gente cheia de dinheiro. Uns herdam, outras ganham, outros trabalham para ter esse dinheiro, mas a verdade é que ainda existe muita gente com dinheiro, porque o dinheiro não desaparece, muda de mãos. Até há os que o roubam.
    O cúmulo, achei, quando ela lhe fala nas tatuagens que o moço tem, chamando lhe excêntrico...
    Ora vamos lá ver titia Judite, primeiro mais de metade de Portugal e do mundo claro, está tatuado. Passou a ser curriqueiro. Excêntrica sou eu que não tenho nenhuma.
    Morri.
    Quem é ela para falar no aspecto do chavalo. Era azeiteiro e coiso e tal, mas ninguém tem nada a ver com isso.
    Tal como ninguém tem nada a ver se ele dá dinheiro para ajudar os pobrezinhos, ou se anda ou não com guarda-costas, que bem vistas as coisas bem precisa, já que vive num país de egoístas invejosos. Afinal se tem guarda-costas está a fumentar o emprego no país em crise que escolheu para viver. Se dá mega festas, se trás gente de todo o mundo e os instala nos melhores hotéis, está a fazer andar a economia do paíszinho desgraçado que somos...
    Não me admirava que amanhã se mudasse para França ou Espanha, onde lhe andariam a beijar os pés em vez de o humilhar no jornal da noite...
    Sempre me fez impressão a inveja que as pessoas têm dos jogadores da bola que ganham milhões, e gastam neste e naquele carro e nesta e naquela roupa, tal como não percebo porque criticam a Cristina Ferreira por ir de férias para a Grécia ou para onde bem quiser. Primeiro, como país amigo, devíamos elogiar a moça por ir passar férias noutro país que está a passar um mau bocado e fazer publicidade disso, porque devemos sempre ajudar os outros, depois, o que é que temos a ver para aonde ela vai de férias.
    Não percebo.
    Claro que gostava de ter uns trocos a mais, claro que gostava de ir de férias, mas destilar veneno na sorte dos outros, não me faz mais sortudo, só mais amarga e a precisar de levar um par de bofardos.
    E não, não gosto da Juditezinha e das perguntas sem jeito nenhum, repetidas até a exaustão.
    Tal como odiei a entrevista que fez ao Gianni, achei que só lhe faltou convidar o homem para um copo depois da entrevista e estava quase a vomitar de tanto mel para cima do pobre desgraçado.
    Deus nos ajude.
    Beijos'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Passou a ser CORRIQUEIRO. (...) está a FOMENTAR o emprego no país em crise que escolheu para viver. Se dá mega festas, se TRAZ gente de todo o mundo (...)"

      Concordo inteiramente com o comentário, mas erros de escrita fazem-me comichão, peço desculpa pela ousadia em corrigi-la, Ana.

      Eliminar
    2. Escrevi rápido e não reli, mas obrigada pela corrigir, não levo nada a mal...

      Eliminar
    3. Mal, também. Escrevi rapidamente. Assim seria.
      Sem sombra de maldade, vale?!

      Eliminar
  21. De facto é lamentável a entrevista... A TVI deve pedir desculpas pela má imagem deixada pela jornalista. Já agora o que tem feito ela para melhorar o nosso país? Qual a moral de alguém de chamar fútil seja a quem for só pq é milionário? De facto o miúdo teve muita paciência.

    ResponderEliminar
  22. Aquilo que a Judite põe na cara não é (só) maquilhagem. Compare-se a cara com o pescoço e veja-se a quantidade de liftings e de botox que para ali já vão. O que, de resto, lhe fica de graça e não faz dela minimamente consumista. Com o propósito de...? Ah, ficar mais bonita. Ah, profissão obriga. Ora bem, nem no exercício de uma profissão e a mando de alguém (?) uma pessoa pode ser tão pouco isenta que chape aquela imagem de "faz o que eu digo, não faças o que eu faço". Detestável, a posturazinha de doninha da verdade, de juizinha sumária.

    ResponderEliminar
  23. concordo com praticamente tudo, mas nao critico o facto dele ter sido "conas". eu no lugar dele gostaria de responder à letra, é verdade, mas se ele o tivesse feito perdia a razão para muitas pessoas mais "tapadas". Não para nós que distinguimos bem a diferença do correcto, mas para o zé povinho que "come" tudo o que vê na televisão. Aposto que muita gente continua a dar razao à judite (por ser uma jornalista), e a culpar o rapazito (por ter um aspecto mais radical)... enfim, o preconceito há em todo o lado e em Portugal então nem se fala... talvez daqui a 20 mil anos as coisas estejam um pouco melhor.

    ResponderEliminar
  24. Curiosamente ainda não vi ninguém a dar razão à Tia Judite. Eventualmente os que a "defendem", estariam a ver futebol e ignoraram a entrevista. Perfil tipo d espectador que vai assistir a um Concerto ou uma peça de Teatro, mas dorme o tempo todo. No fim acorda com os aplausos e tb participa efusivamente aplaudindo e gritando...bravo...bravo...bis...:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta dá.
      http://pasmesequempuder.blogspot.pt/

      Eliminar
  25. O rapaz de "conas" não teve nada. Geriu bem a exposição mediática com educação. Quem ficou mal na fotografia foi ela, como se verifica pela enorme contestação expressa nas redes sociais.

    ResponderEliminar
  26. Serve este comentário para dizer apenas, que a TVI não tem sentido de jornalismo nem jornalistas que sirvam, será que ela (Judite de Sousa) tinha "lata" em fazer esta entrevista, como por exemplo a Marcelo Rebelo de Sousa ?
    Se isto não mudar estamos tramados. com esta "maralha".

    ResponderEliminar
  27. Judite vai tirar um curso de jornalismo! Essa "entrevista" abonou mais a favor dele que teu! Fazer jornalismo é mais do que isso... e só deixo aqui uma palavra: isenção! Ganha juízo e vai perseguir a cambada de corruptos que conheces melhor que ninguém que existem no nosso país! E mais não digo!

    ResponderEliminar
  28. Carago! Isto está tudo em pantanas.

    A Judite queria a Pamela. Como ficava $$$ e ela é uma senhora de grande elevação moral, decidiu transferir o $$$ para dezenas de instituições de caridade em dificuldades, e convidou o pateta que ainda lhe dava um cheirinho da Pamela e, melhor, de ego suficientemente grande para ir de borla. Entenda-se, não tenho o que quer que seja contra as pessoas que não fazem puto (como eu aliás), mas ler acerca destas merdas (sim, porque apenas sob ameaça de sodomia veria a merda dos telejornais) reforça a minha antiga convicção de que aquela paródia de curral de Moinas só foi cancelada por estar a aproximar-se demasiado daquilo que temos como telejornal (e os pivots, esses artistas líricos, não terão gostado do espelho sarcástico, do reflexo da sua própria obscena futilidade).

    Dita esta merda, interrogo-me: mas que porra é que as pessoas pensam da TV que têm, assim em jeito de generalização? É pela comédia? Pela pedagogia não será. Pelo estado do país e do mundo também não (só se se contentarem com historinhas da carochinha).
    Porquê então? Para preencher um vazio (enfim, funciona comigo quando necessito estudar e não tenho mp3 nem antena 2)? Para manter aquela sensação de colectividade veiculada pela linguagem? Para não ouvirem aquela ténue vozinha interior que realça um ominoso presságio? Para confirmarem que o mundo ainda cá está?

    Fico agora com a obsessão destas dúvidas. Não tivesse coisas mais interessantes a fazer, como trabalhar e ver pornos (bem mais pedagógicos), certamente debruçar-me-ia com avidez sobre esta temática.

    ... o maior medo da súcia de fajardos da nossa TV são os canais de cabo e a internet. Vagueiem por esse mundo imenso, procurando várias perspectivas, abandonando assim o torpe soporífero que é a merda da nossa TV. É o único castigo possível para merdas pretensiosas como a sra. dra. Judite (é a merda do tablet que coloca as imerecidas maiúsculas, e eu ou me submeto ou parto o Cabrão, foda-se).

    Olha, ofereça-se o zico à Judite, finalmente um propósito nobre para o raio do bicho, e a sua oportunidade de redenção.
    Foda-se.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahhahahaha
      Seria uma reabilitação e pêras. Para ambos.

      Eliminar
    2. Sinceramente. Há necessidade de debitar tanta trampa e obscenidades?
      Para mim é o mesmo exibicionismo da Judite, com apenas uma melhor educação da parte dela

      Eliminar
    3. ah, o epicentro. ou o hipocentro?

      eheheheheheheheh.

      o início é sempre um momento delicado. depois passa.

      Eliminar
  29. Vingança de mumia ressabiada... Ela fez tudo por tudo para conseguir estar na festa de aniversário do Lorenzo no sul do país.. Viu negada essa possibilidade por não trazer nada de relevante à mesma.. Ficou-se a saber que a senhora além de feia por fora, também o é por dentro.

    ResponderEliminar
  30. Esta entrevista não tem nada de inocente, só não vê quem não quer ver !
    Desde o inicio a partir do momento que fizeram a reportagem na festa de anos e entrevistaram o miúdo e a Pamela.
    Chamo a isto publicidade ao Lourenzo da mais cara de pode haver.
    Uma pergunta, alguém conhecia este miúdo antes dele fazer a festa ?
    Eu não e fui obrigado a conhecê-lo, só porque vejo as noticias. Vou ter que começar a escolher melhor o canal para ver o telejornal.

    ResponderEliminar
  31. A Judite nem olhava para trás se o miúdo lhe saltasse para cima mesmo com aquelas tatuatens que tanto desprezou, mas se nem o "Carequita" do Seara a quis e lhe colocou um par de antenas com uma mais nova.

    É ver o actual ar de feliz do Seara porque ter aturado a JS não é para qualquer um... fede a mau feitio, amargurada e mal "phodid*"!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sorry! É tatuagens e não tatuatens ;)

      Eliminar
  32. Para RidiculaDite de Sousa

    A entrevista da RidiculaDite só demonstra o fraco nível e tendencioso do jornalismo que em Portugal se produz.
    Não se entende a importância da entrevista a um rapaz que pouco terá de influência na economia de Portugal (Ensino, Saude, Emprego, etc), se os nossos governantes não querem resolver os problemas do país, porque que teria de ser um cidadão com muito dinheiro.
    Bom mais importante, que é que essa senhora (claro que tem que ser em lestra minúscula) fez até á data para melhorar o País.
    Porque que é que não entrevista desta mesma forma arrogante, prepotente e ignorante os políticos do nosso país, esses mesmo que lá estão, que esconderam fortunas no estrageiro do dinheiro das famosas Formações Profissionais (já toda a gente esqueceu), do caso BPN, um se não o maior e mais descarado escândalo em que a nossa classe politica (desde Cavaco até ao Porteiro da CM Lisboa) usufruiu indevidamente de milhões.
    Bom esta senhora demonstrou uma falta criatividade, de classe e de formação profissional, enfim, mais uma demonstração de arrogância pelo suposto posto que ocupa na informação Nacional.
    Convém que faça uma análise a como pronuncia o Português, o rapaz não tinha que dar emprego a qurenta mil mas sim quarenta mil Português, talvez por isso ele não tenha entendido o que a senhora lhe exigia.

    ResponderEliminar
  33. Ah, Filipa, Filipa, iniciaste aqui uma/outra revolução!

    E o teu Pequenino? Tem corrido tudo bem?
    (exceptuando a inevitabilidade das preocupadas noites de insónia)

    Beijos!

    ResponderEliminar
  34. Ainda acerca da Judite, imagino que a próxima "entrevista" seja àquela senhora dra reformada aos 42 anos que preside o curr... a assembleia da "república", e que curiosamente tem face de menino (mas isso já todos nós sabemos porquê).

    (gasolina para a fervura)

    ResponderEliminar
  35. Não se esqueçãm que esse dinheiro teve origem no tráfico de diamantes em África e pela escravatura tanto em África como no Brasil.
    As mortes dos familiares, foram mesmo acidentes?????

    ResponderEliminar
  36. A jornalista pode ter exagerado, como a própria já o admitiu, mas não era caso para tantos protestos nem insultos tão execráveis!!! Quando dizem que a senhora tem inveja dele, eu pergunto, inveja de quê? Será de fazer corridas loucas onde pôe a sua vida e saúde em risco? Provávelmente ela terá mesmo inveja, porque tem uma filha de catorze anos que nem a sua cadeira de rodas consegue manusear pois está tetraplégica porque foi vitima de um AVC. Só se for isso que ela inveje e que a revolte, ver um garoto irresponsável que arrisca a própria vida e saúde! A diferênça entre os dois; ele conduz FERRARIS e ela a CADEIRA DE RODAS da sua querida filha!!! Quem a insultou que peça perdão a Deus porque para o fazer públicamente teriam de ser grandes!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Judite de Sousa tem uma filha paraplégica?!

      Eliminar
  37. Deixou ética, imparcialidade e profissionalismo nos arquivos da rtp; vestiu a pele da tvi.

    ResponderEliminar
  38. É UMA VERGONHA!!!!!!!!! Se o rapaz não quer ajudar, NÃO AJUDE, está no seu direito, MAS É UMA BESTA!!!!!!!! E o lado humano? E o lado animal? E os sentimentos? E meus amigos nao é inveja, é respeito, civismo, educação, coisas que o dinheiro nao compra. Estou revolta com que então? Estou revoltada com os biliões na conta bancária que poderião ajudar muita gente.

    Já agora voces vêm os Champalimauts a exibirem-se? Belmiros? E o Ronaldo, falam falam mas esse visitas hospitais e é padrinho de varias instituiçoes.

    E para terminar, vejam isto:
    http://www.looktothestars.org/

    ISTO É CIVISMO! NÃO É O QUE ESTE ANIMAL (NÃO) FAZ.

    EU, DESEMPREGADA, PASSO FOME E SINTO-ME OFENDIDA PELA EXIBIÇÃO CONSTANTE. E MAIS...ELE TEM MULHER E UMA FILHA!!!!!!

    Grande exemplo sim senhor!!!!!

    ResponderEliminar

Tenham em atenção que sou uma miúda muito sensível nestas coisas das ofensas.
Dizei de vossa justiça, mas com carinho.